Um aço cerâmico?

O dióxido de zircónio, também conhecido como aço cerâmico, foi descoberto em 1789 pelo químico alemão M. H. Klaproth. É uma cerâmica de óxido com excelentes propriedades físicas. Nos últimos tempos, foi desenvolvido ainda mais como uma cerâmica de alta tecnologia que provou seu valor em várias condições extremas, por exemplo, como escudo térmico em ônibus espacial, em discos de freio em carros ou em medicina como implante ortopédico de quadril.

Por mais de 15 anos, como um substituto para ligas metálicas, este material tem dado à prótese na medicina dentária uma cara nova.

A cor branca e a translucidez formam a base de atração na estética dentária. A estabilidade e a resiliência garantem longa vida de coroas e pontes. A biocompatibilidade indiscutível do material torna indispensável seu uso na odontologia moderna.

As próteses dentárias feitas a partir de dióxido de zircônia são absolutamente livres de metal. Isso proporciona a vantagem de não ser alergênico, e o material também evita o desenvolvimento de gosto metálico, bem como a sensação de frio quente que acompanha freqüentemente tratamentos envolvendo metais

Hyperlab News

Hyperlab News

Receba por email nossas novidades e promoções!

Obrigado por se inscrever!